Aula

Eu vou falar com você
Ainda que não esteja me vendo.
E colocarei coisas em tua mente
Mesmo que você não queira
Comunicarei meus pensamentos
Por teus olhos
Lerás e escreverás minhas idéias.
Não estando com você
Ponho-me a dialogar com teu coração,
Zombo de teu sonho
E rio do que posso fazer
Você não entende, crê e vive
Eu não entendo, creio e vivo?

4/8/2003

Anúncios

2 Comentários »

  1. ::Grah:: Said:

    Nan,
    É realmente muiiiiito bom o que escreves, cada dia que entro aqui e a cada nova postagem vc tem escrito ainda melhor! De verdade, não é puxaquismo… Esse poema está bom por demais da conta sô…mas ainda não consigo esquecer àquele conto da artista… muy bueno…
    continue escrevendo e deliciando minha leitura..rs
    bjinhus

  2. usinadesonhos Said:

    OLha… eu to passando por dias bem estranhos!
    Tem aquele sentikmento bom de coisa nova, de paixão recente, de comida fresca! To curtindo isso!!!
    Mas ao mesmo tempo tem o amargo de uma frustração que ainda incomoda.
    Entrei aqui com ese amargo na boca e li seu texto com o amargo incomodando.
    Acho que é isso:
    Não quero que coloquem idéias na minha cabeça!
    Perfeito, amore!
    Gde beijo e continue exercitando!
    Tá uma delícia ler o que sái dessa cabecinha.
    EVOÉ!!!


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: