lixo!

É o lixo que está em todo lugar

O lixo que afeta o modo de pensar

Afeta as ações, os meios, as vidas

Esse lixo que alimenta os seres

Lixo que sai de cada um deles

Essa podridão toda sem fim

Que toma conta de tudo

Como uma epidemia mortal

Que a tudo contamina

Paredes cheias de lixo

Rios cheios de lixo

Lixos cheios de lixo

Não há mais luxo

As palavras são lixo

Bêbados, ladrões, prostitutas são lixo

Donas de casa, patrões e papas também

Esculpimos lixo

Reciclamos lixo

Ingerimos lixo

O lixo afeta todos

O sangue que antes corria nas veias

É chorume do lixo que somos

Liser humanxos

Anúncios

1 Comentário »

  1. usinadesonhos Said:

    Gnete…
    Chocado com o apuro disso aki.
    Amore… que lindo esse texto.
    Me lembrou um espetáculo : POEMA SOBRE O LIXO.
    O espetáculo tbém era um lixo. ahuahuahuahuahu…
    Já a sua obra é uma flor… é poesia… é poesia/crônica/dramaturgia.
    ADOREI!
    MIL BEIJOS!!!!


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: