O barulho da rua

Não me deixa ouvir

O barulho da rua

Os carros, as àrvores e as pessoas são

O barulho da rua

Motociclistas caídos ensangüentados provocam

O barulho da rua

Animais soltos, lixo, fumaça entoam

O barulho da rua

Sirenes, gemidos e mãos ao alto são as vozes d’

O barulho da rua

Pensamentos, divagações e sentimentos

O sentimento da rua

As luzes e cores e olhares sustentam

O silêncio da rua

Quem passa, quem olha, quem corre fala n’

O silêncio da rua

Não me deixa esperar

O silêncio da rua

O nada, o agora e a escrita pintam

O silêncio da rua

Silencia

O barulho da rua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: