Diz:tân(to)cia.

É o tom da voz,

o como,

o silêncio,

cada  simples palavra,

e o vasto mundo de significados,

é pelo que cativas

e a eterna responsabilidade

pelo olhar,

no fechar de olhos,

e pelo que isso tudo representa

e pela junção

pelo que parece intransponível

por outras coisas mais

infinitas coisas mais

é que você é

você

e essa é sua culpa, julgamento e sentença:

diz:                            tân                        –                     cia.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Gabriel Said:

    Gosto dos seus poemas!!
    Entendi o que você quis dizer…hehe
    Gostei muito do poema também…

  2. rennato Said:

    adoreei o seu fer ;D


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: